Sustentabilidade
Inovação no Campo

Considerada uma empresa inovadora no setor de tabaco, a Philip Morris Brasil (PMB) investe em novas tecnologias visando a sustentabilidade da cadeia produtiva. Com iniciativas promissoras, a PMB vem promovendo aos seus produtores contratados programas para simplificação das atividades produtivas, assim como para aumentar o nível de conhecimento técnico dos mesmos.

Mecanização

Mecanização no campo

Visando a sustentabilidade da cadeia produtiva de tabaco a longo prazo, desde 2012 a Philip Morris Brasil (PMB) vêm testando e desenvolvendo equipamentos para otimizar os processos produtivos nas propriedades de seus produtores contratados.

Atualmente o projeto prevê desenvolver em conjunto com empresas locais, tecnologias economicamente viáveis para facilitar a colheita do tabaco, possibilitando redução de tempo e mão-de-obra nas tarefas do campo.

Programa +Campo

Mais Campo

O Programa +Campo foi criado para levar mais conhecimento ao campo.

Desde maio de 2015, após seu lançamento oficial pela Philip Morris Brasil (PMB), o programa vem percorrendo os estados do RS, SC e PR com uma equipe preparada para treinar produtores e trabalhadores rurais em Saúde & Segurança e Tecnologia de Aplicação.Os treinamentos são organizados e agendados pelo Orientador Agrícola da PMB em conjunto com o Instrutor do programa, que definem data e local para realização do mesmo.

Caso você, Produtor PMB, ainda não tenha participado de um treinamento promovido pelo Programa +Campo, solicite ao seu Orientador Orientador Agrícola para agendar um treinamento em sua propriedade.

Estufas de Ar Forçado

Estufas de ar forçado

A Philip Morris Brasil (PMB) lançou em 2012 um programa de melhorias de unidades de cura, incentivando a adoção de estufas de ar forçado para a cura de tabaco.

A adoção desta tecnologia proporciona aos produtores maior agilidade e facilidade no carregamento da estufa, além de garantir uma cura muito mais uniforme e com menor consumo de lenha por quilograma de tabaco curado.

Produtor PMB, caso você tenha interesse em conhecer melhor o Programa, contate seu Orientador Agrícola .

Tabaco não manocado

Tabaco Não Manocado

Prevista na Instrução Normativa nº 10 de Abril de 2007, que trata sobre a classificação de tabaco em folha, a compra de Tabaco Não Manocado é uma realidade desde 2013 para os produtores contratados pela Philip Morris Brasil (PMB).

Com o objetivo de simplificar o processo de preparo dos fardos para comercialização a PMB possibilita que seus produtores contratados comercializem sua produção sem necessidade de manocar as folhas, o que reduz o tempo de trabalho na cultura do tabaco. Fardo de Folha Solta.