Sustentabilidade
GAP - Boas Práticas Agrícolas Boas Práticas Agrícolas
Introdução

A Philip Morris Brasil está comprometida com a produção sustentável de tabaco, definida como uma produção de tabaco eficiente e de qualidade, limitando ao máximo o impacto sobre o meio ambiente e melhorando as condições socioeconômicas das pessoas e comunidades envolvidas no processo produtivo.

Pensando nisso, foi desenvolvido o guia GAP de Boas Práticas Agrícolas, composto pelos pilares de Governança, Lavoura, Meio Ambiente e Pessoas que definem os princípios e padrões mensuráveis que devem ser atendidos por todos os produtores de tabaco que possuem contrato de compra e venda com a PMB.

Lavoura

PILAR DA LAVOURA

Meio Ambiente

PILAR DO MEIO AMBIENTE

Práticas de Trabalho Agrícola

PILAR DE PESSOAS - ALP

O Pilar da Lavoura trabalha para a preservação e integridade dos cultivares, aumento da produtividade do tabaco através das melhores práticas de controle de pragas e doenças, dos manejos de adubação, canteiro e lavoura, e das boas práticas na colheita, cura e preparo do tabaco para comercialização, atingindo maior qualidade e rentabilidade.

Sementes
SEMENTES
Usar sementes certificadas.
Conheça mais sobre as sementes recomendadas pela Philip Morris Brasil em http://www.profigen.com.br
Manejo do Solo
MANEJO DO SOLO
Fazer análise de solo e suas correções.
Fertilizantes
FERTILIZANTES
Usar somente fertilizantes recomendados.
Agrotóxicos
AGROTÓXICOS
Aplicar somente produtos recomendados de acordo com a orientação técnica.
Manejo integrado de Pragas
MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS
Preservar os insetos benéficos e aplicar agrotóxicos somente quando o Nível de Dano Econômico (NDE) for atingido.
Integridade do Tabaco
INTEGRIDADE DO TABACO
Garantir em todas as fases do cultivo que o tabaco esteja livre de material estranho como pena, espuma, capim e plástico.
Registro de Atividades
REGISTRO DE ATIVIDADES
Registrar todas as atividades em Caderno de Campo para melhor controle da produção de tabaco.

O objetivo é ajudar os agricultores a produzir tabaco de qualidade, com o mínimo impacto para o meio ambiente, na propriedade e no seu entorno. As instruções relativas a sustentabilidade e meio ambiente da Philip Morris Brasil encorajam os agricultores a preservar, reutilizar e reciclar os recursos naturais usados na produção de tabaco, incluindo lenha, água e energia. Sustentabilidade ambiental na produção de tabaco envolve a proteção dos ecossistemas e da biodiversidade, reduzindo a utilização de recursos naturais e administrando possíveis impactos ambientais. Isso inclui o desenvolvimento de estratégias de conservação de solo e água, redução no consumo de energia, promoção do uso de reciclados e a reutilização de materiais com a finalidade de evitar o desperdício.

REFLORESTAMENTO
REFLORESTAMENTO
Usar lenha e toras provenientes de fontes legais, como reflorestamentos de eucalipto.
Consumo de Lenha
CONSUMO DE LENHA
Adotar práticas e melhorias nas estufas para reduzir o consumo de lenha.
BIODIVERSIDADE
BIODIVERSIDADE
Proteger a mata nativa nas Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal (RL).
LEI FLORESTAL
LEI FLORESTAL
Respeitar a Legislação Florestal e realizar o Cadastro Ambiental Rural (CAR).
DESCARTE DE EMBALAGENS
DESCARTE DE EMBALAGENS
Armazenar e descartar corretamente as embalagens de agrotóxicos através do programa de recolhimento.
PROTEÇÃO DAS FONTES DE ÁGUA
PROTEÇÃO DAS FONTES DE ÁGUA
Preparar a calda de agrotóxicos longe das fontes de água, como nascentes, córregos, rios e lagos.
CONSERVAÇÃO DO SOLO
CONSERVAÇÃO DO SOLO
Adotar práticas conservacionistas como rotação de culturas, plantio de cobertura, cultivo mínimo e plantio direto.

A PMB é comprometida em eliminar o trabalho infantil e outros abusos nas relações de trabalho rural, buscando desta forma alcançar condições de trabalho seguras e justas nas propriedades com produção de tabaco. O código ALP de práticas de trabalho agrícola define as práticas, princípios e padrões de trabalho rural que se espera sejam seguidos nas propriedades que fornecem tabaco para a empresa. É esperado que os produtores apliquem este código de forma assídua e transparente.

TRABALHO INFANTIL
TRABALHO INFANTIL
Somente maiores de 18 anos podem ter atividades relacionadas ao tabaco.
RENDA E HORAS DE TRABALHO
RENDA E HORAS DE TRABALHO
Pagar o valor correto aos trabalhadores respeitando as horas de trabalho.
TRATAMENTO JUSTO
TRATAMENTO JUSTO
Tratar as pessoas de forma justa, sem qualquer tipo de discriminação e abusos verbais ou físicos.
TRABALHO FORÇADO
TRABALHO FORÇADO
Realizar o pagamento diretamente aos trabalhadores, sem retenção de documentos ou valores.
CONDIÇÕES DE TRABALHO SEGURO
CONDIÇÕES DE TRABALHO SEGURO
Armazenar e descartar corretamente as embalagens de agrotóxicos através do programa de recolhimento.
LIBERDADE DE ASSOCIAÇÃO
LIBERDADE DE ASSOCIAÇÃO
Respeitar a liberdade dos trabalhadores de se associar em grupos ou sindicatos.
CONFORMIDADE COM A LEI
CONFORMIDADE COM A LEI
Cumprir a Legislação Trabalhista atual.